Descubra o tratamento mais indicado para você em nosso TESTE ON-LINE

Conheça as causas do melasma

Conheça tudo sobre as causas do melasma, sabia que as causas associadas a essa doença de pele são comuns para algumas mulheres, como por exemplo: o melasma na gravidez

Entenda primeiro o que é [cta_zendesk]melasma[/cta_zendesk] e depois conheça as causas do melasma. Confira tudo nessa matéria!

O que é o melasma?  

O melasma é caracterizado por manchas escuras na pele, geralmente são manchas no rosto . Porém, podem ocorrer manchas no corpo como em braços, pescoço e colo.  

Qual é a causa do melasma? 

Segundo a Sociedade Brasileira de dermatologia o melasma não possui uma causa definida. Porém, existem fatores associados. 

Os fatores associados que podem interferir no surgimento do melasma são: 

  • Gravidez  
  • Exposição solar  
  • Uso de anticoncepcional  
  • Exposição à luz ultravioleta 
  • Luz visível 
  • Genética 

Quais os sintomas do melasma?  

Os sintomas do melasma são as manchas escuras da cor acastanhada no rosto. As manchas atingem as regiões da testa, nariz, parte superior dos lábios e bochechas.  

Essas manchas não possuem um formato bem definido, acometem ambos os lados.

causas do melasma
causas do melasma

O melasma pode agravar com o tratamento inadequado, como por exemplo um tratamento a Laser que produz calor. O calor do Laser pode ocasionar  efeito rebote no melasma. Ou seja, a mancha na pele piora ao invés de melhorar. Por isso, é importante pesquisar se o tipo de Laser utilizado no seu tratamento de melasma é o Laser frio.  

“O Laser frio é específico para tratar o melasma”. 

Tratamento do melasma 

Os tratamentos encontrados para melasma envolvem o clareamento das manchas. Todos os tratamentos para melasma devem ocorrer sob supervisão dermatológica. Afinal, o dermatologista é o médico indicado para tratar o melasma e prevenir manchas de pele.  

Atualmente existem alguns tipos de  peelings e o Laser frio 

Abaixo entenda como cada fator associado causa o melasma.

1 Melasma na gravidez  

Algumas mulheres relatam que tiveram melasma durante a gravidez. Esse melasma é chamado de cloasma gravídico ou melasma na gravidez. 

O melasma na gravidez ocorre devido à concentração maior dos hormônios progesterona e estrogênio na mulher.  

Os hormônios progesterona e estrógeno na mulher ajudam a aumentar a concentração do hormônio melanotrófico. Esse é responsável por aumentar a melanina no corpo da mulher.

causas do melasma

Dessa forma, aumentando a produção da melanina no corpo, a mulher grávida tende a manchar mais sua pele ou a desenvolver manchas no geral, incluindo o melasma.

É possível notar manchas escuras em grávidas principalmente na região da maçã do rosto ou ao redor dos olhos. As manchas costumam se espalhar extraface principalmente na região da linha alba (barriga). Outras regiões que podem aparecer manchas na mulher grávida são: 

  • Região mamária 
  • Virilha 
  • Barriga 

É possível observar também o aumento das pintas e de outras manchas no corpo da grávida. Isso é comum, é o resultado das alterações hormonais. Os sinais acontecem após alguns meses da descoberta da gravidez.  

É observado que no caso do melasma na mulher grávida, a mancha diminui após a gravidez, mas o acompanhamento é recomendado durante toda a gestação. Pois, o melasma depende do acompanhamento dermatológico e das recomendações médicas.  

Recomendações como o uso de protetor solar fazem toda diferença. Sabia que o uso intensificado do protetor solar é sugerido após o 3° mês de gestação?

O dermatologista também pode sugerir o uso de antioxidantes e vitaminas que ajudam no tratamento do melasma gravídico, sem que haja riscos à gravidez, como por exemplo: a vitamina C e a vitamina E, mas todos devem ter o aval final do obstetra ou do pediatra.

2 Melasma por anticoncepcional  

O uso de pílulas anticoncepcionais pode causar o melasma. Mas é importante ressaltar que o melasma aparece em homens e mulheres, independente do uso de remédios ou anticoncepcionais.  

Entretanto, a pílula anticoncepcional deve ser indicada sempre por um médico ginecologista. O uso da pílula anticoncepcional sem prescrição médica influencia no surgimento de manchas de pele, danos de possíveis efeitos colaterais pela dosagem inadequada da pílula.  

Anticoncepcional sem prescrição médica e sem a dosagem adequada leva ao surgimento do melasma, isso é um fato. Quando o melasma ocorre pelo uso de anticoncepcional o dermatologista e o ginecologista precisam trabalhar em conjunto.  

3 Melasma por exposição a luz visível 

A luz visível é um dos fatores que podem causar melasma no rosto. A luz visível está diretamente associada ao surgimento de manchas, como também possui efeitos negativos para a pele humana, como por exemplo: fotoenvelhecimento.  

Exposição solar e melasma 

A exposição à luz solar  tem grande importância no surgimento de manchas no rosto e as desordens pigmentares no geral. Incluindo o melasma.

Causas do melasma: fatores de risco para o melasma? 

O melasma aparece frequentemente em mulheres na faixa etária de 20 a 50 anos, principalmente na faixa reprodutiva. 

Existem alguns fatores de risco, que influenciam o melasma, como falamos: exposição aos raios solares, uso de anticoncepcionais, gravidez, problemas hormonais e genéticos.  

Como prevenir as causas dos melasma? 

Alguns estudos apontam que o melhor tratamento para melasma é a prevenção, utilizando protetores solares que possuem cor. 

No caso de melasma causado por anticoncepcionais, é preciso sempre utilizar as pílulas sob recomendações médicas. Se você tiver melasma causado por anticoncepcional, é preciso corrigir a dosagem do anti-concepcional para que ajudar no controle da mancha.  

A prevenção das causas do melasma e o tratamento dependem do acompanhamento médico dermatológico.O dermatologista tem o papel de desenvolver um tratamento adequado para o melasma.

Os tratamentos disponíveis hoje servirão para você, ou a combinação de múltiplos tratamentos pode funcionar para seu caso. Tudo depende de uma avaliação médica. 

Clínica de pele nas causas do melasma 

O tratamento utilizado pela clínica de pele, envolve o moderno Laser de CO2 fracionado e pulsando da Deka. Esse Laser pode ser calibrado pelo médico dermatologista para não produzir calor no rosto do paciente. 

O Laser frio para melasma consegue destruir a melanina que está presente na mancha escura na pele, isso acontece sem agredir a epiderme. Esse tratamento a Laser pode ser recomendado para o melasma, como também em outros tipos de mancha.

Dr. Szerman explica sobre o tratamento de melasma

Peelings para melasma

Existem outros tratamentos associados que o Dr. Szerman pode propor para seu caso como os peelings. Alguns tipos de pellings são considerados padrão ouro no tratamento do melasma. Como  exemplo temos o  Melanesse (nacional) e o Cosmelan (Europeu), que podem tratar as manchas de forma bastante eficiente e segura. As sessões podem ser feitas quinzenalmente e em qualquer época do ano. A aplicação é rápida e muito confortável. 

Seu dermatologista pode também recomendar produtos que ajudam a clarear a pele, como: 

  • ácido azeláico 
  • ácido retinoico 
  • ácido glicólico 
  • hidroquinona 

O tratamento com os modernos peelings e com tecnologia atual “Laser frio para melasma” é possível atingir as células pigmentadas e tratar o melasma efetivamente. Porém, como a imensa maioria dos peelings e lasers não possuem esta tecnologia, é muito importante escolher o tratamento adequado. 

Enfim, se você quiser saber mais sobre as causas do melasma e seu tratamento, mande uma mensagem para a Clínica de Pele, localizada no Rio de Janeiro, RJ.  

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
×