Queda de cabelo: o que causa, tratamentos e cuidados

Queda de cabelo: o que causa, tratamentos e cuidados

A queda de cabelo é um dos problemas mais comuns, no entanto, a queda excessiva dos cabelos pode ser provocada por diversos fatores.

Quando a pessoa percebe que seus cabelos estão caindo em grande quantidade após penteá-los ou lavá-los, ou que estes estão se tornando mais finos ou escassos deve ir até uma consulta de dermatologia clínica.

Mas, não se preocupe confira as principais dúvidas sobre queda de cabelos agora! Boa leitura.

Quais são as causas da queda de cabelo?

Dentre as principais causas da queda de cabelo podemos citar:

  • Pós-parto: após o parto, muitos fios entram na fase de repouso do ciclo. Aproximadamente 2 ou 3 meses após o parto, algumas mulheres podem notar perda mais acentuada de fios.
  • Essa situação pode perdurar por até seis meses, mas tende a ser resolver naturalmente na maioria dos casos.
  • Febre alta, infecção grave e resfriado forte
    Entre 4 semanas e 3 meses após o desenvolvimento destes quadros, pode haver queda de cabelo que, no entanto, se corrige espontaneamente.
  • Doenças da tireoide
    Tanto o hipotireoidismo quanto o hipertireoidismo podem causar queda de cabelo. Estas alterações da tireoide podem ser diagnosticadas por exames laboratoriais.
  • O tratamento correto das doenças da tireoide pode corrigir a perda capilar.
  • Dieta inadequada em proteína

Má alimentação pode causar queda de cabelos?

Sim, algumas pessoas que fazem dietas pobres em proteínas ou têm hábitos alimentares anormais podem desenvolver desnutrição protéica. De forma que o corpo irá economizar suas proteínas fazendo com que os fios que se encontrem na fase de multiplicação passem para a fase de repouso.

Passados 2 ou 3 meses, pode haver uma queda maciça dos cabelos. Devido ao enfraquecimento dos pelos, fica mais fácil arrancá-los. Essa condição pode ser prevenida e revertida com o consumo das quantidades recomendadas de proteína.

Medicamentos causam queda de cabelo?

Algumas drogas prescritas podem causar queda temporária de cabelo. Exemplos dessas drogas incluem alguns medicamentos usados no tratamento de:

  • Gota
  • Artrite
  • Depressão
  • Problemas cardíacos
  • Hipertensão arterial
  • Anemia

O excesso de vitamina A também pode levar à queda de cabelo.

Tratamento oncológico e queda de cabelo

Alguns tipos de tratamento oncológico farão com que as células responsáveis pelo crescimento dos cabelos parem de se dividir.

Os cabelos começam a ficar finos e quebradiços. Isto ocorre cerca de 1 a 3 semanas após o início do tratamento. Pacientes podem chegar a perder mais de 90% dos seus cabelos.

Findo o tratamento, o crescimento capilar se reinicia. Alguns pacientes optam pelo uso de perucas.

Uso de anticoncepcionais causa queda de cabelo?

Mulheres que apresentam queda de cabelos enquanto estão em uso de pílulas anticoncepcionais geralmente apresentam tendência prévia a terem menor quantidade de cabelos.

Se esta queda realmente ocorrer, a usuária deverá consultar seu ginecologista na tentativa de substituir o anticoncepcional usado.

A queda de cabelo inicia-se de dois a três meses após a interrupção do anticoncepcional, podendo permanecer por mais seis meses.

Baixo nível de ferro no sangue

A deficiência de ferro também pode levar à queda de cabelo. Algumas pessoas não ingerem ou não absorvem bem o ferro.

Mulheres que têm período menstrual de volume ou duração prolongada também podem desenvolver esta deficiência.

A detecção da redução do ferro no sangue é feita através de exames laboratoriais e pode ser corrigida pelo uso de comprimidos ou medicações que contenham a substância.

Grandes cirurgias e doenças crônicas

Qualquer pessoa que se submeta a uma cirurgia de grande porte pode perceber queda dos cabelos de 1 a 3 meses após o procedimento cirúrgico, esses são problemas mais comuns entre essas pessoas.

Esta condição se reverte espontaneamente em poucos meses, o que não ocorre nos casos de doenças crônicas.

O que é alopecia?

A queda de cabelo também pode ser chamada de alopecia. Na alopecia existem vários tipos e cada tipo possui um tratamento adequado.

  • Alopecia Androgenética:  Esta causa da queda de cabelo é a mais frequente e recorrente entre homens (50%) e mulheres (25%). A queda capilar androgenética geralmente afeta a parte superior e frontal do couro cabeludo.  A causa dessa queda de cabelo é uma condição fisiológica e que a maioria das vezes é consequente de uma herança genética. A Alopecia Androgenética deve ser cuidada e tratada o mais rápido possível, pois muitas vezes ela resulta em uma perda permanente do cabelo.

  • Alopecia de Areata: A causa está diretamente ligada aos fatores emocionais, com ênfase no estresse.  Esta alopecia se apresenta com quedas repentinas e geralmente em áreas circulares e reduzidas. Ela é bastante recorrente na barba, cílios, sobrancelhas ou no couro cabeludo. 

  • Alopecia de Tração: A alopecia de tração é muito frequente em mulheres, pois a causa é o uso constante de tranças ou penteados que "apertam". As regiões majoritariamente afetadas são as laterais do couro cabeludo, franja, nuca e atrás das orelhas. 

Tratamento para queda de cabelo

queda de cabelo rj

Atualmente o mercado capilar está em desenvolvimento constante, com isso, surgiram vários tratamentos para cada tipo de queda do cabelo. Um dos melhores e mais bem falados tratamentos do mercado é o Laser Capilar. Um dos lasers utilizados para queda capilar é o Laser Capilar 69 Beams.  

O Laser Capilar 69 Beams pode ser utilizado nas três causas de alopecia e seu efeito ocorre através do estímulo da circulação sanguínea nas regiões de baixo índice capilar (aumentando o aporte de oxigênio e nutrientes). Dessa forma, o Laser promove o crescimento e o engrossamento dos fios de cabelo nas regiões afetadas. 

Dermatologia Copacabana Rio de Janeiro: Esperamos que você tenha entendido as causas da queda de cabelo e como o Laser Capilar pode ajudar, se quiser saber mais sobre o tratamento, clique aqui. 

Tratamento para queda de cabelo RJ

Grande parte das pessoas quando percebe que está sofrendo da queda do cabelo, recorre a métodos "milagrosos" e isso é a pior coisa que elas poderiam fazer. A queda de cabelo deve ser observada de maneira racional e sempre por um médico qualificado e experiente.  

A clínica de pele possui mais de 50 anos em dermatologia e oferecemos tratamentos modernos para a queda de cabelo. Não deixe de falar conosco e marque uma consulta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *