Descubra o tratamento mais indicado para você em nosso TESTE ON-LINE

Retinol o que é, para que serve, saiba tudo!

O skincare nunca esteve tão em alta. Por conta disso, está cada vez mais comum a busca por seus ativos. Entre eles, o mais procurado é o retinol, um derivado da vitamina A que estimula a produção de colágeno e elastina, sendo muito útil no tratamento de espinhas, rugas e manchas. 

Você sabe o que é ou para que serve o retinol? Quais benefícios este poderoso ativo pode proporcionar para os cuidados com a pele? Quem pode ou não utilizar retinol em sua rotina de skincare?

Continue lendo esse artigo e aproveite para esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto. Confira!

O que é retinol?

Derivado da vitamina A, o retinol é uma substância presente em diversos dermocosméticos. Quando o retinol é aplicado e absorvido pela pele, ele se transforma em sua forma ativa, o ácido retinóico. Com isso, ele consegue alcançar a derme e neutralizar os radicais livres, assim como estimular a produção de colágeno e elastina. Como resultado, esse ativo proporciona vários benefícios para a pele, conforme veremos mais adiante.

Para que serve o retinol?

Este ativo serve basicamente para estimular a renovação celular, melhorar a textura e firmeza da pele, assim como para minimizar os poros dilatados. Além disso, ele tem um papel importante na melhora da aparência da pele com espinhas, uma vez que elimina as células mortas capazes de obstruir os poros. 

Este ativo serve ainda como uma substância capaz de otimizar a penetração de outros ativos e eliminar a oleosidade em excesso do rosto.  

Quais são os benefícios?

retinol

São muitos os benefícios de adicionar o retinol na sua rotina de skincare, Entre os principais, estão:

  • Tem importante papel na minimização da formação de cravos e espinhas;
  • Promove uma leve esfoliação, capaz de eliminar as células mortas;
  • Favorece a ação de muitas outras substâncias presentes em dermocosméticos;
  • Utilizando o retinol frequentemente os tratamentos para a sua pele se tornam ainda mais eficazes;
  • Essa substância tem efeito clareador e colabora para o tratamento de manchas na pele;
  • Auxilia na produção de fibras de colágeno e elastina. Com isso há uma melhora na flacidez e minimização das rugas;

Este derivado da vitamina A também é muito eficiente na minimização de cicatrizes e marcas de acne. Além disso, este ativo também diminui o tamanho dos poros e controla a oleosidade da pele.

Qual a diferença entre o retinol e a tretinoína?

O Retinol e a Tretinoína são ativos pertencentes ao grupo dos retinóides, ou seja, ambos são substâncias derivadas da Vitamina A. 

A diferença é que o Retinol é transformado em ácido retinóico, após ser aplicado na pele. É nesse estado que a substância proporciona os efeitos desejados. Já a Tretinoína é basicamente o ácido retinóico na forma ativa. Embora seja mais eficiente, tem como grande desvantagem o maior potencial de irritação.

Contraindicações

Produtos com qualquer concentração de ácido retinóico não devem ser aplicados sobre a pele inflamada ou com queimaduras de sol. Além disso, o seu uso não é recomendado para quem tem infecções ativas. Portadores de rosácea também não devem utilizar essa substância na pele. 

Este ativol também não é indicado a pessoas que precisam se expor com frequência ao sol, seja por praticarem esportes, viajarem ou por trabalharem ao ar livre.

Além disso, vale mencionar que o ácido retinóico é contraindicado durante a gestação. Isso porque ele pode afetar a formação do feto. Na amamentação, por outro lado, é possível usá-lo, preferencialmente após o bebê completar seis meses. Mas, nesse caso, o ideal é consultar um médico antes para informar sobre o uso deste produto. 

Para quem se indica o retinol?

O retinol é indicado para tratamento de manchas, como o melasma, no controle da acne, oleosidade, melhora de rugas finas, em concentrações entre 5% e 10%. 

Inclusive, uma pesquisa realizada pela Keimyung University, da Coreia do Sul, revelou que o uso tópico de deste ativo ajuda a reduzir rugas e linhas de expressão. O mesmo efeito anti-idade promovido pelo uso deste ativo também foi observado em um estudo publicado em 2015 no Journal of Cosmetic Dermatology.

Além de reduzir as rugas, ele também é indicado para o tratamento de estrias, principalmente as mais recentes. 

Há pomadas com retinol?

Este ativo pode ser encontrado em diversos formatos, como cremes, géis, loções, pomadas e sérum. Pode ainda ser aplicado na forma de peeling, quando mais concentrado, uma vez por semana, pelo dermatologista em um consultório especializado. 

Pode usar retinol durante o dia?

Usar este ativo durante o dia é seguro, inclusive, existem produtos a base de retinol cuja formula já conta com fator de proteção para a pele. Mas, vale ressaltar que o uso do protetor solar jamais deve ser dispensado.

Pode usar retinol em pele oleosa?

Sim, o retinol é uma substância pode que ser aplicada em peles oleosas.

Quem tem rosácea pode usar Retinol?

Não há uma contraindicação formal para o uso deste ativoem pessoas com rosácea. Contudo, como a pele nestes casos tende a ser mais sensível, o ideal é consultar um médico antes de começar a utilizar o produto.

Gostou de saber mais sobre o retinol? Quer saber mais sobre este ativo e seu poderoso efeito anti-idade? Entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

rejuvenescimento da pele

Veja os artigos mais recentes:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
×