Tratamento a Laser para estrias: descubra tudo sobre ele

Tratamento a Laser para estrias: descubra tudo sobre ele

O CO2 faz parte do tratamento a Laser para estrias e vem fazendo sucesso nos últimos anos. Os fundamentos do Laser foram estudados por Albert Einstein desde 1917 e contém emissões de luz das partículas. Uma das maiores características físicas do Laser é a sua cor monocromática, ou seja, ele emite um comprimento de onda bem definido. O Laser de CO2 Fracionado (dióxido de carbono) é o mais utilizado na dermatologia, surgiu em 1964 e foi criado por Kumar Patel

O tratamento a Laser para estrias é eficaz, pois o Laser de CO2 estimula a produção de colágeno, aquele nutriente que faz com que a pele tenha uma aparência mais saudável. Em suma, quando desejamos renovar a pele acometida por estrias, é importante entregar calor nas camadas mais profundas da pele para estimular a produção eficaz e segura de colágeno. O grande diferencial do Laser CO2 que utilizamos na Clínica de Pele é o fato dele ser Fracionado e Pulsado, considerada a tecnologia padrão-ouro existente no mercado. 

Tudo isso funciona porque o Laser utilizado no tratamento para as estrias é fracionado e pulsado. O grande diferencial da tecnologia pulsada é que a pele não é queimada, pois o Laser é entregue em vários pulsos (de forma gradual) nas camadas profundas do tecido. Dessa forma, o calor age renovando a pele, sem provocar as queimaduras superficiais típicas do Laser unicamente fracionado (comuns nas clínicas dermatológicas). Quer saber um pouco sobre como funciona? Continue lendo o nosso artigo para descobrir.

Laser fracionado X não fracionado

O Laser Fracionado (aquele que faz os quadradinhos na pele) surgiu em 2004 como uma evolução ao Laser não fracionado (1980), pois atinge apenas pequenas frações da pele (daí o nome fracionado), causando menos dor e resultados mais satisfatórios.

O tratamento com Laser fracionado é considerado mais seguro, pois como não atinge todas as áreas da pele, faz com que as áreas que não foram atingidas ajudem na recuperação da pele que foi tratada. Ou seja, a pele íntegra ajuda na recuperação e renovação da pele atingida pelo Laser. Resumindo, as vantagens do Laser Fracionado:

  • Menos efeitos colaterais
  • Recuperação mais rápida após realizar o procedimento
  • Mais tolerável em relação a dor

O Laser de CO2 fracionado trouxe muitas vantagens ao tratamento, mas a tecnologia evoluiu ainda mais e em 2017 surgiu o Laser de CO2 Pulsado (e fracionado), considerado o padrão-ouro no tratamento das estrias. Isso porque esse Laser (DEKA) controla o calor emitido em forma de pulsos (daí o nome pulsado) que será entregue na pele. Você sabia que o calor é a melhor forma de estimular a produção do colágeno? Sim, e é por isso que a sua pele é aquecida nas camadas profundas com esse Laser, diferentemente do Laser de CO2 apenas fracionado, aonde a pele sai apenas queimada após as sessões, sem obter o calor necessário para produzir colágeno (pele nova). Resumindo: no Laser que utilizamos (CO2 Fracionado e Pulsado) o calor é distribuído adequadamente na sua pele e é esse calor que vai  promover o rejuvenescimento e melhorar o aspecto das estrias.

Contato via WhatsApp Fale agora! (21) 98086-2370 

De onde vêm as estrias?

A nossa pele sofre com algumas limitações, sendo a maior delas a elasticidade. Dessa forma, quando ela se estica rapidamente as fibras de colágeno e elastina não conseguem se esticar e então arrebentam. Consequentemente é comum que se desenvolvam estrias.

Imagine um elástico que se estende até não aguentar mais e daí se parte, assim conseguirá entender melhor a formação das estrias.

Por esse motivo que mulheres grávidas desenvolvem estrias, frequentemente no final da gestação (quando a barriga cresce muito) . Também é normal que adolescentes no processo de puberdade vejam o aparecimento delas, já que o corpo passa a se esticar muito rápido.

Causas

Podemos dizer que os principais causadores da estria são: crescimento acelerado da pele, uso de alguns remédios (corticóides e anti-inflamatórios), musculação, fatores genéticos, gravidez e fatores hormonais. O uso de roupas muito apertadas também podem contribuir para o aparecimento.

Tratamento a Laser para estrias

O tratamento a Laser para estrias se tornou muito conhecido nos últimos anos e também é um dos mais eficazes. Como explicado acima, ele estimula algumas partes da pele para que se possam rejuvenescer e produzir ainda mais colágeno.

O fator positivo é que o Laser de CO2 pode ser realizado independentemente de quando surgiram as estrias. No entanto, seu resultado irá variar de acordo com a gravidade das estrias (tamanho e espessura). Sabemos que o Laser costuma ter mais eficácia nas estrias recentes (avermelhadas) do que nas estrias mais antigas (brancas). De qualquer modo o Laser costuma minimizá-las e suavizá-las, trazendo satisfação aos pacientes que desejam amenizá-las.

 

tratamento a laser para estrias

Saiba que o tratamento a Laser, mesmo para as estrias mais antigas (brancas) auxilia na diminuição do seu tamanho e ainda estimula a produção de colágeno da sua pele. O número de sessões varia, pois depende do tamanho e da coloração da estria, além de uma resposta individual ao tratamento. Contudo, é fundamental que você passe antes por uma avaliação criteriosa, pois desse modo seu dermatologista poderá programar um tratamento adequado para você.

Sabia que cada tratamento a Laser para estrias deve ser personalizado de acordo com o quadro clínico do paciente? Sim, pois enquanto alguns pacientes precisam de um número maior de sessões, outros necessitam de menos.

Veja sobre Laser de CO2 Fracionado e Pulsado da DEKA: Clique aqui.

 

Tratamento a Laser para estrias dói muito?

Uma pergunta comum antes de aplicar qualquer procedimento estético é: dói muito? Calma! Depende muito do Laser utilizado e do protocolo seguido pelo médico (calibragem do equipamento e cremes prescritos no pré e pós tratamento). O Laser fracionado e Pulsado que utilizamos costuma ser muito bem tolerado, pois atua pelo calor e não por queimadura, como explicamos acima. Além de um jato gelado (que vai a menos 30 graus Celsius), utilizamos um anestésico durante as sessões. Vale ressaltar que depois das sessões é comum que apareçam: uma leve vermelhidão e inchaço (devido ao calor do Laser, que vai produzir colágeno) e uma casquinha bem pequena (micro-pontinhos) que vão embora, em média, após 15 dias, com o uso dos cremes cicatrizantes prescritos pelo médico.

Os dermatologistas da Clínica de Pele possuem mais de 20 anos de experiência e indicam todos os remédios para te auxiliar no pré e no pós tratamento. Por isso, é muito importante que você converse sempre com médicos experientes na área, para saber como obter resultados satisfatórios e também para evitar possíveis efeitos indesejados.

É preciso escolher com atenção o seu procedimento. Recomendamos que sempre pesquise o profissional e a tecnologia que será utilizada no seu tratamento a Laser para estrias. Pois como falamos o Laser de CO2 Fracionado e Pulsado é muito diferente do Laser de CO2 só Fracionado. Saiba diferenciar!

Cuidados antes e depois do procedimento estético

Antes de iniciar a sua sessão, é muito importante que a pele esteja limpa, desengordurada e sem bronzeamento intenso. Lembre que a pele pode apresentar uma leve vermelhidão após o Laser e que costuma regredir após alguns dias. É normal formar uma casquinha bem pequena após as sessões de Laser. 

Você deverá utilizar com disciplina os cremes cicatrizantes que serão recomendados pelo seu médico dermatologista. Também é muito importante evitar ao máximo a exposição ao sol e aplicar corretamente o filtro solar. Mas, aqui vai uma dica valiosa do Dr Szerman:

"Não aplique nenhuma química, além dos cicatrizantes prescritos, nas primeiras 48 horas após a sua sessão, pois pode irritar a pele que ainda se encontra sensível ao Laser. Recomendamos então: evitar completamente o sol nos primeiros dias e só aplicar o protetor solar na pele com a casquinha do Laser já formada".

Dúvidas sobre o tratamento a Laser para estrias? Veja nosso F.A.Q clicando aqui.

Comece a ingerir ainda mais proteínas

O consumo adequado de proteínas pode te auxiliar na produção de colágeno. Isso porque o calor do Laser é o tratamento mais avançado para estimular a produção de colágeno e a ingestão de alguns alimentos auxiliam na formação dos substratos necessários para a formação desse colágeno pelo organismo.

Também existem no mercado saches de colágeno, que podem ser prescritos pelo médico como suplemento.

Portanto, tenha uma alimentação saudável e rica em proteína.

Quais são os alimentos que ajudam na contribuição deste aminoácido?

Veja só: peixes e frangos, gelatina, feijão, salmão, camarão e carne vermelha. Todos esses são excelente fontes de aminoácidos. Mas não se esqueça que o tratamento padrão-ouro para as estrias é o Laser de CO2 Fracionado e Pulsado. pois é ele quem gera o calor necessário para a formação do colágeno.

Por fim, se você gostou do nosso artigo sobre tratamento a Laser para estrias, que tal ler mais alguns sobre o tema? Nosso blog tem vários artigos e te convidamos a deixar aqui um comentário e a ler mais sobre os nossos tratamentos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *