CRM 5276961-4
Pesquisar
Close this search box.

Resurfacing a laser

Panorama geral

O resurfacing a laser é um procedimento de rejuvenescimento facial que utiliza um laser para melhorar a aparência da pele ou tratar pequenas imperfeições faciais. Isso pode ser feito com:

  • Laser ablativo. Este tipo de laser remove a fina camada exterior da pele (epiderme) e aquece a pele subjacente (derme), o que estimula o crescimento de colágeno — uma proteína que melhora a firmeza e a textura da pele. À medida que a epiderme cicatriza e regenera, a área tratada torne-se mais uniforme e firme. O laser de dióxido de carbono (CO2), laser de érbio e sistemas combinados são alguns exemplos de terapia ablativa.
  • Laser não ablativo ou fonte de luz. Esta estratégia também estimula o crescimento do colágeno. Tem um tempo de recuperação mais rápido do que um laser ablativo e é menos agressiva. Mas os resultados são menos perceptíveis. O Laser de Corante Pulsado (PDL), érbio (Er:YAG) e terapia de luz intensa pulsada (LIP) são alguns exemplos.
Entre em contato por WhatsApp
Entre em contato por WhatsApp

Ambos os métodos podem ser realizados com um laser fracionado, que deixa colunas microscópicas de tecido saudável em toda a área de tratamento. Lasers fracionários foram desenvolvidos para diminuir o tempo de recuperação e reduzir o risco de efeitos colaterais.

O resurfacing a laser pode suavizar a aparência de linhas finas no rosto. Ele também pode tratar a perda do tônus da pele e melhorar sua tez. O resurfacing a laser não remove a pele em excesso ou flácida.

Porque é feito

O resurfacing a laser pode ser usado para tratar:

  • Rugas finas
  • Manchas da idade
  • Tonalidade ou textura desigual da pele
  • Pele danificada pelo sol
  • Cicatrizes de acne leves a moderadas

Riscos

O resurfacing a laser pode causar efeitos colaterais. Ao contrário do resurfacing com laser ablativo, as técnicas não ablativas têm efeitos colaterais mais suaves e uma menor probabilidade de ocorrer.

  • Vermelhidão, inchaço, comichão e dor. A pele que foi tratada pode inchar, coçar, ou ter sensação de ardor. A vermelhidão pode ser acentuada e persistir por vários meses.
  • Acne. A aplicação de cremes espessos e bandagens no seu rosto após o tratamento pode agravar a acne ou causar o aparecimento de nódulos brancos minúsculos (milium) na pele tratada.
  • Infecção. Uma infecção bacteriana, viral ou fúngica pode resultar do resurfacing a laser. A infecção mais comum é uma erupção do vírus do herpes — o vírus que causa aftas. Na maioria dos casos, o vírus do herpes já está presente, mas adormecido na pele.
  • Alterações na cor da pele. O resurfacing a laser pode fazer com que a pele tratada se torne mais escura (hiperpigmentação) ou mais clara (hipopigmentação). Mudanças permanentes na cor da pele são mais comuns em pessoas com pele morena escura ou negra. Converse com seu médico para saber qual técnica de resurfacing a laser reduz este risco.
  • Cicatrizes. O resurfacing a laser ablativo apresenta um leve risco de cicatrizes.

Nem todos são bons candidatos para o resurfacing a Laser. Seu médico poderá desaconselhar o resurfacing a laser se você:

  • Tomou isotretinoína (Amnesteem) para tratar a acne durante o último ano.
  • Tem uma doença do tecido conjuntivo, uma doença auto-imune, ou um sistema imunológico debilitado.
  • Tem um histórico ou predisposição para a formação de queloides
  • Fez radioterapia na face
  • Tem um histórico de resurfacing a laser pregresso
  • Tem predisposição a ter aftas ou teve um surto recente de aftas ou do vírus do herpes
  • Tem pele morena escura ou negra ou é muito bronzeado
  • Está grávida ou amamentando
  • Tem um histórico de pálpebra virada para fora (ectrópio)

Como se preparar

Antes de você se submeter ao resurfacing a laser, seu médico muito provavelmente irá:

Perguntar sobre seu histórico médico. Prepare-se para responder a perguntas sobre suas condições médicas atuais e passadas, assim como qualquer medicamento que você esteja tomando ou tenha tomado recentemente. Seu médico também pode perguntar sobre procedimentos cosméticos anteriores e como você reage à exposição ao sol — por exemplo, você se queima facilmente? raramente?
Fazer um exame físico. Seu médico examinará sua pele e a área que será tratada. Isto ajuda a determinar quais mudanças são possíveis e como suas características físicas, como o tom e a espessura da pele, podem afetar seus resultados.
Conversar sobre suas expectativas. Fale com seu médico sobre suas motivações, expectativas e os riscos potenciais. Juntos, vocês podem decidir se o resurfacing a laser é adequado para você e, se for o caso, qual método utilizar. Esteja ciente de quanto tempo levará para você se recuperar e quais podem ser seus resultados.

Antes de submeter-se ao resurfacing a laser, talvez você também precise:

  • Tomar medicamentos para evitar complicações. Se você tem um histórico de infecções por herpes ao redor da boca e está fazendo um tratamento de resurfacing com laser ablativo ou não ablativo, seu médico receitará um medicamento antiviral antes e depois do tratamento para prevenir uma infecção viral. Com base em seu histórico médico, seu médico pôde recomendar medicamentos extras antes de seu tratamento.
  • Evitar se expor ao sol sem uma proteção. A exposição excessiva ao sol até dois meses antes do procedimento pode resultar em pigmentação irregular permanente nas áreas tratadas. Consulte seu médico sobre proteção solar e níveis seguros de exposição.
  • Parar de fumar. Se você fuma, tente parar pelo menos duas semanas antes e depois do tratamento. Isto aumenta suas chances de evitar problemas e ajuda no processo de cura de seu corpo.
  • Providenciar uma carona para casa. Se você vai ser sedado para o resurfacing a laser, você precisará de ajuda para chegar em casa após o procedimento.

O que você pode esperar

Durante o procedimento

Figura 10
Como é feito o resurfacing a laser Durante o resurfacing a laser ablativo, um laser destrói a camada externa da pele (epiderme). À medida que a lesão cicatriza, forma-se uma pele nova, mais uniforme e mais firme.

O resurfacing a laser pode ser realizado como um procedimento ambulatorial pelo seu médico. A equipe de atendimento irá anestesiar sua pele com medicamentos. Para um resurfacing extensivo, como o tratamento de todo seu rosto, você pode ser sedado.

Um potente feixe de energia luminosa (laser) é direcionado à sua pele durante o processo de resurfacing a laser ablativo. O raio laser destrói a camada externa da pele (epiderme). O laser também aquece a derme, a camada abaixo da pele, o que estimula a produção de colágeno ao longo do tempo e melhora o tônus e a textura da pele. Dependendo da técnica utilizada e do tamanho da área tratada, o resurfacing a laser ablativo normalmente leva de 30 minutos a duas horas. Normalmente, este método requer apenas um tratamento.

Para obter os resultados desejados do tratamento de resurfacing a laser não ablativo ou laser Er:YAG fracionado, você provavelmente precisará de 1 a 3 sessões.distribuídas ao longo de algumas semanas ou meses.

Após o procedimento

Após o resurfacing com laser ablativo, a pele tratada ficará sensível, inchada e com prurido. Seu médico aplicará uma pomada espessa na pele tratada e poderá cobrir a área com um adesivo impenetrável e à prova d’água. Voce pode tomar um analgésico e utilizar compressas de gelo. A área é normalmente coberta com pele nova após uma ou duas semanas, e a recuperação completa leva pelo menos um mês. Cosméticos e outros produtos que possam irritar seu rosto devem ser evitados durante este período. Além disso, evite os lugares onde há maior risco de infecção, como piscinas públicas. Após do resurfacing a laser, use sempre protetor solar.

O tempo de recuperação após o resurfacing a laser não ablativo é mínimo. A sua pele pode ficar inchada ou inflamada por algumas horas. Use compressas de gelo se necessário. Você deve poder retomar imediatamente suas atividades normais e sua rotina de cuidados com a pele.

Resultado

Depois do resurfacing com laser ablativo, sua pele pode permanecer inflamada por vários meses. Entretanto, uma vez que a área de tratamento começa a cicatrizar, você notará uma diferença na qualidade e aparência de sua pele. Os efeitos podem durar anos.

Os resultados do resurfacing a laser não ablativo são normalmente graduais e progressivos. É mais provável que você note melhorias na textura da pele e na pigmentação do que nas rugas.

Use sempre protetor solar após o ressurfacing a laser. Conforme você envelhece, você continuará a desenvolver linhas de expressão ao apertar os olhos e sorrir. Novos danos causados pelo sol também podem reverter seus resultados. Use um hidratante e protetor solar com um FPS de pelo menos 30 todos os dias.


Por Clínica de Pele Dr. Szerman

Resurfacing a laser na Clínica de Pele Dr. Szerman
Clínica especializada em dermatologia, tratamentos com Laser e estéticos desde 1696 no Rio de Janeiro.

Marque uma consulta na Clínica de Pele Dr. Szerman

Entre em contato por WhatsApp
Entre em contato por WhatsApp

COMPARTILHE ESTE CONTEÚDO:

Você também pode gostar destes conteúdos

Dermatologia, Laser & Estética

BAIXE O NOSSO E-BOOK
e descubra agora como prevenir e tratar!

Fale no WhatsApp
Fale no WhatsApp
Escanear o código
Olá 👋
Como podemos te ajudar?